terça-feira, 20 de setembro de 2011

Ganzfeld: como ter alucinações

Ponderei por vários dias se realmente deveria postar isso aqui. Fiquei me perguntando se seria adequado ao nível dos leitores dessa joça. Mas concluí que cada um é responsável por si mesmo e se der merda não é problema meu.

Ps: acredita-se que funciona melhor com pessoas que NÃO tenham TDA/TDHA.
PS 2: funciona com mais segurança com pessoas que não tenham epilepsia fotosensitiva.
Ps 3: é apenas uma conjectura minha, mas acredito que pessoas que tenham labirintite podem ter crises com isso.
Ps 4: eu sei que você leu "PlayStation 2" no segundo post-scriptum.

Caso esteja com sua Ritalina, seu Depakene e seu Ginkgo Biloba [e seu Prozac, se for o caso] em dia, vamos ao que interessa:

Uma história resumida [descaradamente copiada do mortesubita.org]:

O experimento Ganzfeld do alemão "Campo Total" é uma técnica para alcançar estados alterados de consciência e induzir alucinações sem o uso de drogas. Baseia-se no princípio da privação sensorial, pois a mente privada dos estímulos naturais proteja nos sentidos suas próprias impressões. O aparato Ganzfeld usa estímulos sonoros e visuais homogêneos para produzir um efeito psicológico similar ao da completa ausência de sentidos. Trata-se de uma técnica completamente segura e reversível.

A técnica foi desenvolvida pelo Dr. Wolfgang Metzger em 1930 que atendeu diversos casos de mineiros que no isolamento de suas minas e no silêncio e escuridão completa alegavam sofrer diversos tipos de alucinações, que aliados ao medo provocado pela solidão tornava suas vidas um verdadeiro inferno. Nesta época ele estava engajado em suas investigações sobre psicologia e interpretação sensorial e decidiu reproduzir artificialmente as mesmas condições dos mineiros, chegando a resultados igualmente perturbadores capaz de projetar algumas impressões interiores que de outra forma permaneceriam reclusas na mente. Wolfgang notou que de fato existiam mudanças significativas no eletroencefalograma confirmando que as visões não eram meramente inventadas por quem utilizada seu maquinário.

Aqui façamos um parênteses, exploradores do Ártico que não avistam nada além de neve dias seguidos também relatam o mesmo tipo de alucinações dos mineiros. A verdade é que a privação sensorial em si como método para atingir estados alterados de consciência não é nenhuma novidade do século XX. Os gregos antigos ja a utilizavam como meio de obter iluminação espiritual e comunicação com seus deuses. Os pitagóricos em especial se dirigiam a cavernas escuras para receber sabedoria por meio de suas visões.


A ciência por trás da viagem: 

Simplesmente deitar-se no escuro ativa os mecanismos do sono no cérebro. Contudo com a máquina Ganzfeld queremos que o receptor permaneça acordado. Assim o cérebro é minimamente estimulado até que as alucinações comecem a ocorrer. As semi-esferas provocam a sensação de infinito nos olhos e não permite a percepção de profundidade, formato e distância mantendo o cérebro ativo em busca de informação. A luz vermelha é a que menos carga leva ao cérebro por ser a mais baixa na escala espectral, no entanto é luz ainda e não estimula o estado de sono. O ruido rosa ou branco também abafam os sons externos ao mesmo tempo que não fornecem qualquer estímulo específico ao cérebro. Quando nenhuma informação é dada ao sistema nervoso lúcido ele começa a ampliar o uso dos sentidos até o ponto em que o ruído neural e confundido com a informação sensória. Quando os pensamentos se confundem com os sentidos as alucinações se forma. Os sonhos que temos todas as noites são formados de maneira similar.


 /\ Ganzfeld with lasers OMGGF


E agora a parte que vocês esperavam: Como fazer sua câmara alucinógena em casa:


Receita originalmente encontrada na internet:


  • Escolha um lugar tranquilo onde ninguém lhe perturbará por pelo menos 30 minutos. Avise seus familiares se necessário.



  • Troque as lampadas comuns por lampadas vermelhas ou cubra-as com uma forma de papel celofane vermelho.



  • Separe um rádio com fones de ouvidos. Os melhores fones são aqueles anti-ruído. O rádio deve ser colocado fora de qualquer estação para gerar estática (ruido rosa)



  • Divida uma bola de ping pong em duas partes, elas deveram serão usadas como um óculos para gerar a impressão de infinito.



  • Acenda as luzes, coloque o fone e a cobertura nos olhos. Deite e relaxe, mas mantenha os olhos abertos.



  • As alucinações aparecem em minutos e as distorções sensoriais se intensificam com o tempo.



  • Receita alternativa [com improvisos e opções que encontrei durante minhas pesquisas]:


  • Ao invés de trocar a lâmpada ou ir até a papelaria gastar 60 centavos com papel celofane, você pode colocar o brilho da tela do computador no máximo, fazer um .jpg [ou .png, ou .gif, o que você quiser] totalmente vermelho [no Paint mesmo, ou Gimp, se você prefere software livre] e colocar em tela inteira. Isso já provê a iluminação vermelha necessária. 



  • Ao invés de usar um rádio e correr o risco de, para seu desgosto e frustração, no meio do experimento o aparelho sintonizar uma rádio de música sertaneja, use algo mais estável e gratuito ouvindo por esse site. Uma outra opção, pros psiconautas que tenham um pouco mais de experiência[ou falta de prudência, ou nada a perder, como preferir chamar], é substituir o ruído rosa por iDoser [você encontra centenas de padrões binaurais gratuitamente aqui  - USE POR SUA CONTA E RISCO, nem eu e nem os resto da equipe[?] do PERAI se responsabiliza por qualquer desordem psicológica/neurológica/emocional/sensorial/motora gerada pelo uso indiscriminado de padrões de procedência duvidosa].  



  • Eu não testei essa variação, mas segundo alguns lugares da internet, algumas camadas de papel higiênico sobre os olhos faz a vez das meias bolinhas de ping-pong.



  • A posição não precisa ser, especificamente, Shavásana ["deitado de barriga pra cima", para os leigos]. Você pode testar a posição que melhor lhe convier, desde levemente reclinado na poltrona em frente o computador até deitado num colchão com alguns graus de inclinação longitudinal, o que aumenta o fluxo sanguíneo no cérebro e pode influenciar nos resultados.



  • O resto vou deixar que descubram por si. Não vou dar spoiler.

     Como eu disse, eu me abstenho completa e vêementemente de qualquer resultado desagradável que qualquer um possa vir a ter com o conteúdo apresentado nesse blog.


     

    6 comentários:

    1. Ninguém comentou porque todos morreram tentando.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu acho que não morri. Mas não é certeza, também.

        Excluir
    2. Fiz, esperei 10 min e N aconteceu nada

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Claro, é meia hora o negócio

        Excluir
    3. nao sei como mais fiz se passaram 5 min e era como se eu tivesse andando sobre um rio

      ResponderExcluir
    4. fiz isso a um ano eu acho, na casa de meu amigo, mas não tinha mudado a cor do ambiente para vermelho, acho que porisso nao deu certo

      ResponderExcluir