quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Como fazer um passarinho de lã

Só seguir os passos mostrados na imagem:
 

Sim, o bico é uma semente de girassol mesmo, e o olho pode ser uma miçanga ou alguma outra semente random. Os pés são arame, mas talvez também fique bom com um graveto ou sei lá, vejam como ficar melhor.
 

Não lembro quem mandou esses tutorial, acho que foi a Estela, se não foi os créditos vão pra ela mesmo porque ela vive mandando tutorial e eu levo meses pra lembrar de postar aqui.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Como ver o ar

Eu estou desde novembro do ano passado enrolando pra postar isso aqui, mas agora vai.

Quase um ano atrás, um redditor postou esse vídeo que mudou completamente minha visão da realidade. O ar é feito de gases e gases são fluídos, e todo tipo de movimento louco que a gente pode ver a água fazendo, o ar também faz, o tempo todo, em todo lugar, e a gente é cego à isso.



 Eu fiquei com isso na cabeça e comecei a reparar muito mais nos movimentos do ar e da água, tendo em mente que eles estão lá, só não estamos vendo. O ar em volta do computador está se debatendo e subindo e fazendo turbilhões zoados e não é só por causa do cooler ligado, é por causa do calor mudando a densidade do ar em volta dele.

Sabe quando falam que durante a meditação você tem que imaginar o ar saindo na expiração como se fosse uma fumaça? O plot twist é que não é só imaginação, o ar realmente está saindo dos pulmões como se fosse uma fumaça. Ele está mais quente, se movendo mais rápido, e composto de gases numa proporção diferente à do ambiente externo, como uma gota de tinta caindo na água e se espalhando com linhas e voltas, e não se diluindo instantaneamente. Quem já passou horas olhando fumaça de incenso tem uma boa idéia desses movimentos que a fumaça faz antes de desaparecer. Esse tipo de movimento está lá de uma forma ou outra, mas só vemos quando a fumaça torna visível.

Esse vídeo explica melhor o funcionamento do set pra ver os movimentos do ar, conhecido como Fotografia Schlieren:



Em casos extremos, a compressão do ar pode ser tão forte e violenta que distorce a luz o suficiente pra que vejamos a olho nu. Cortesia de /r/shockwaveporn:


A onda de choque forma uma bolha de ar em expansão em volta do tanque

Esse é ainda melhor, mas a merda do blogger não embbeda .webm, então vocês vão ter que clicar aqui pra ver.

Esse também é bem visível. Allahu Akbar motherfuckers.

Lembrando que apesar de serem feitas da mesma coisa que o som, ondas de choque viajam em velocidade super-sônica, então a onda de choque vai chegar quebrando sua janela e fodendo seus ouvidos antes mesmo que você possa ouvir o som da explosão em si. Então se você tiver tempo de reagir, em caso de explossões massivas, fique o mais longe possível de vidros e mantenha a boca aberta pra tentar aliviar a diferença de pressão dentro da sua cabeça quando a onda passar pelos seus ouvidos.

Em pequena escala, nossa visão limitada de meros humanos não consegue perceber os movimentos do ar, então dependemos do sistema mostrado nos primeiros vídeos pra simular um filtro a menos no nosso túnel de realidade. Voltando ao tutorial, caso não tenha ficado muito bem explicado no segundo vídeo, ou você só tenha um espelho, existe também um set alternativo em que a fonte de luz é colocada do lado da câmera e só um espelho côncavo na frente. O diagrama a seguir ilustra melhor:



 Esse vídeo também apresenta o modo de um único espelho:



Vocês podem também gostar da gambiarra do microscópio a laser [que eu jurava que já tinha postado aqui, mas não consegui achar, então parece que ainda não postei mesmo]. Vejam aqui o link do Manual do Mundo mesmo, já que meu vídeo disso ficou uma merda. Eu e a Estela fizemos isso usando duas xícaras, uma bacia, uma caixa de sucrilhos, um pote de goiabada, um conta-gotas, fita isolante e a parede da sala dos pais dela, mas o vídeo ficou muito escuro e não dá pra ver nada, se não eu postava aqui também. Qualquer dia eu faço um post decente sobre isso pra vocês.






terça-feira, 6 de outubro de 2015

Como fazer um peixe de folha de palmeira

Ou folha de grama, mato, capim, papel, fita, etc.


Corte duas folhas e dobre-as ao meio.

Encaixe uma na outra como mostrado acima.

Curve uma das pontas e passe entre as outras duas.

Dobre a ponta de trás da folha que está na horizontal e aperte-a contra o loop.

Dobre as pontas que estão pra cima e pra baixo por dentro do loop.

Puxe bem pras folhas ficarem bem justas e apertadas.

Vire o peixe pra terminar a trama do outro lado.

Dobre essa ponta por baixo do loop pra fechar.

Aperte bem para que as pontas não se soltem sozinhas.

Está feito o peixe.

Você também pode cortar as pontas em ângulo pra fazer nadadeiras menores, ou deixar comprido se achar mais bonito.



Kibado daqui.

Eu ia postar o de como fazer um grilo, mas achei mais fácil esse. Se quiser o grilo também, clique aqui.



quarta-feira, 30 de setembro de 2015

domingo, 20 de setembro de 2015

Como montar um levitron caseiro

Levitron é aquele pião que flutua sobre uma base magnética enquanto estiver girando. Se você for rico pode comprar um original direto do site, mas a outra opção é fazer o seu próprio como ensinado no vídeo a seguir:




sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Como cozinhar arroz na churrasqueira

Tutorial enviado por email esses dias pelo Coruja desenhista da MS/SDD/[OFF], não confundir com o Coruja maromba da RDO/EDO.

 

   Vocês podem argumentar que isso é coisa de pobre, mas se é pra não precisar lavar panela depois, então é por um objetivo nobre.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Como fazer um peso de papel de dente-de-leão

A Estela tinha mandado esse tutorial faz tempo e eu ainda não tinha postado porque tinha esquecido.




Divirtam-se fazendo mais esse projeto totalmente inútil, porque pesos de papel não servem pra merda nenhuma atualmente mas fica um negócio inútil bonito mesmo assim.

domingo, 23 de agosto de 2015

Protetor USB pra carregar sem transferir dados

Eu estava procurando algum tutorial bom e bonito e explicativo pra postar sobre isso mas como não achei vou só postar as fotos e falar o que é pra fazer.

A primeira opção é você ter uma ponta macho e uma ponta fêmea usb e soldar elas como na imagem:


O que acontece ali é que a energia pra carregar o celular/tablet/whatever é transmitida pelos dois conectores externos, e os dois internos transferem os dados. Cortando a conectividade dos dois do meio e mantendo só as duas de fora, só energia vai passar e o seu celular pode ser carregado em computadores públicos sem que nada roube seus dados ou se infiltre nele. Só não vá ter a grande idéia de usar isso num pendrive, porque você estaria bloqueando seu próprio acesso a ele. Pra evitar o vírus desgraçado de pen drive que tem em todo computador público e que transforma suas pastas em atalhos pra win32, proteja-o como explicado nesse post.

Uma outra opção que não exige solda é abrir com cuidado o cabo pra ter acesso aos quatro fios internos, mostrados abaixo:


Cortando o branco e o verde, você interrompe a passagem de dados e mantém só a energia chegando ao aparelho. Só cuidado pra não cortar junto os outros dois.


Parabéns, seus paranóicos, agora vocês podem conectar o celular em qualquer porta usb que encontrarem na rua sem medo.

sábado, 1 de agosto de 2015

Como identificar um espelho falso

Integralmente e desavergonhadamente kibado do Wikihow

Como Identificar um Espelho Falso

Alguma vez já olhou para um espelho em um banheiro ou vestiário e sentiu que estava sendo observado? Você pode verificar se um espelho é transparente conferindo a instalação e utilizando algumas técnicas simples para determinar se há uma parede por trás dele. Talvez você já tenha ouvido falar do teste da unha, mas existem modos mais precisos de se descobrir se um espelho é falso ou não.


Observe a instalação do espelho. Veja se ele está pendurado na parede ou embutido. Se o espelho estiver pendurado, confira a parede atrás dele. Se o espelho for embutido, há uma boa chance dele ser falso, pois esses modelos precisam ser instalados diretamente na parede para que seja possível ver através deles. 
  • Um espelho falso é um pedaço de vidro coberto com uma substância espelhada. Um dos lados possui um reflexo enquanto o outro se parece com uma janela escura.
  • Se for possível ver a parede atrás do espelho, é muito provável que ele seja comum.

Confira a iluminação. Olhe ao redor e determine se as luzes estão mais claras do que o normal. Se elas estiverem, o espelho pode ser falso. Se as luzes estiverem normais e não for possível ver através do espelho, ele provavelmente é comum.
  • Para um espelho falso funcionar, a luz do lado espelhado precisa ser dez vezes mais clara do que a luz do lado de observação. Isso impossibilita que você veja através do espelho.

Considere o local. Se você está em uma área que deve ser privada, como um banheiro, a presença de um espelho falso é improvável e ilegal. Por outro lado, esses espelhos normalmente são utilizados pelas autoridades em salas de interrogatório, por exemplo.
  • O uso de espelhos falsos é regulamentado e está associado aos direitos constitucionais de privacidade. Existem leis que previnem o uso desses espelhos em sanitários, vestiários, chuveiros, provadores e quartos de hotel. Se um local escolheu instalar espelhos falsos ou outra forma de vigilância, a lei exige que existam placas que o informem disso.
  • Muitos lugares, como postos de gasolina, utilizam espelhos de metal pois os de vidro podem ser quebrados pelos usuários. Se o espelho for de metal, ele não pode ser falso.

Tente olhar através do vidro. Coloque o rosto e as mãos contra o espelho para bloquear o máximo possível de luz. Ao fazer isso, a luz na sala de observação será mais clara do que a do seu lado do espelho, possibilitando que você veja além do vidro.


Jogue um pouco de luz. Se ainda não estiver convencido, apague as luzes e mire uma lanterna contra o espelho. Se ele for falso, a sala do outro lado será iluminada e você poderá vê-la.


Bata na superfície com seu punho. Um espelho comum produzirá um som abafado pois está colocado na frente de uma parede. Um espelho de observação produzirá sons abertos e ocos, pois há um espaço aberto do outro lado. O som de batidas em espelhos falsos também é nítido, diferente do som de baque dos espelhos comuns.


Faça o teste da unha para determinar se um espelho é de primeira ou segunda superfície. Coloque a unha contra o espelho e veja se é possível tocar seu reflexo. Nos espelhos de primeira superfície isso é possível, pois não há nenhuma camada adicional de vidro no espelho. Nos espelhos de segunda superfície, um vão causado pela segunda camada de vidro sobre a superfície espelhada impede que você toque seu reflexo. Os modelos de primeira superfície são muito raros e normalmente possuem razões específicas para serem utilizados, portanto, é possível que sejam falsos. Os modelos de segunda superfície são os espelhos comuns que vemos todos os dias. 
  • Devido às variações de iluminação e do material de fabricação, pode ser muito difícil descobrir se está ou não tocando seu próprio reflexo.
  • Além disso, é possível que um espelho falso seja de segunda superfície. Se os outros aspectos da situação, como a instalação e a iluminação, indicam que o espelho é falso, não deixe que o teste da unha seja o fator decisivo.

 Considere a medida extrema de quebrar o vidro. Se o espelho for comum, ele se estilhaçará e você verá a moldura ou uma parede sólida. Se o espelho for falso, você verá a sala por trás dele. Considere essa opção apenas quando se sentir ameaçado ou em perigo. Isso causará danos e criará um ambiente perigoso.
  • Nenhum teste é definitivo. Basta uma pequena abertura na parede para se esconder uma câmera com lente olho de peixe e não deixar vestígios disso. Mesmo se o espelho for comum, existem muitos locais para se esconder dispositivos de observação.
  • Tenha em mente que a maioria das pessoas não pretende correr os riscos ou se dar ao trabalho de espionar alguém. As exceções incluem os proprietários de lojas – que frequentemente utilizam as tecnologias de vigilância para evitar roubos – e as agências governamentais.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

domingo, 12 de julho de 2015

Como contar usando os dedos em binário

Depois de um desgraçado mês sem posts, estou de volta pra salvar a vida de vocês com novos tutoriais inúteis da qual a utilidade só depende da sua imaginação.

 O post de hoje foi traduzido de um dos threads mais inúteis do /r/LifeProTips. Aí está:

 Contando com as mãos usando binário, você pode contar até 31 com uma mão e até 1023 usando as duas. Comece com uma mão, com a palma pra cima, determinando um valor pra cada dedo:

  • Polegar: 1
  • Indicador: 2
  • Dedo do meio: 4
  • Anelar: 8
  • Mindinho: 16
Quando um dedo está estendido, ele tem o valor listado acima, e quando está dobrado, tem o valor de 0. Por exemplo, todos os dedos dobrados = 0, um dedo do meio e um dedão esticados e todos os outros dobrados = 1+0+4+0+0 = 5, com todos exceto o dedo do meio, temos 1+2+0+8+16 = 27, e por fim o número 31 é formado por todos os dedos estendidos.

Contando até 16 temos:
  1. polegar
  2. indicador
  3. polegar + indicador
  4. dedo do meio
  5. dedo do meio + polegar
  6. dedo do meio + indicador
  7. dedo do meio + indicador + dedão
  8. anelar
  9. anelar + polegar
  10. anelar + indicador
  11. anelar + indicador + polegar
  12. anelar + dedo do meio
  13. anelar + dedo do meio + polegar
  14. anelar + dedo do meio + indicador
  15. anelar + dedo do meio + indicador + polegar
  16. dedinho
 E por aí vai, até 31 = 15+16 = anelar + dedo do meio + indicador +dedão + dedinho


Adicionando a segunda mão, atribua os valores extra na ordem inversa. Com as duas juntas temos:

  • Polegar direito: 1
  • Indicador direito: 2
  • Dedo do meio direito: 4
  • Anelar direito: 8
  • Mindinho direito: 16
  • Mindinho esquerdo: 32
  • Anelar esquerdo: 64
  • Dedo do meio esquerdo: 128
  • Indicador esquerdo: 256
  • Polegar esquerdo: 512

Assim temos, por exemplo, 235 = 128+64+32+8+2+1, representado por dedo do meio esquerdo + anelar esquerdo + mindinho esquerdo + anelar direito + indicador direito + polegar direito.

Com uma boa quantidade de prática você pode usar essa habilidade pra se exibir no bar. Só cuidado com os números 4 e 128 na frente de gente armada ou mais forte que você.





__________________________________________________________________________________
Aproveitando a ocasião pra avisar que eu arrumei o post Como Dobrar Um Lençol Com Elástico, que por causa dos bugs do blogger tinha ficado com um buraco no lugar do vídeo.

domingo, 31 de maio de 2015

Bacia de chocolate

  Um tutorial rápido aqui pra vocês enquanto eu não arranjo tempo nem paciência pra traduzir os bons que tenho salvos aqui.



   Quase certeza de que já postei algo parecido com isso antes, mas se for o que eu estou pensando então esse é mais bonito e feito de outro jeito.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Como comer uma melancia corretamente

Depois de um decadente mês sem posts, eu trago pra vocês, diretamente do reddit, um excelente tutorial de um velho ensinando o procedimento completo do consumo de uma porção individual de melancia. Apesar de complexo, o vídeo é bem explicativo e não deixa dúvidas sobre a forma correta de consumir a melancia.




Ps: aqui no terceiro mundo onde as pessoas ainda não perceberam que engenharia genética é a melhor coisa desde a água encanada, as melancias ainda tem sementes, mas apesar desse inconveniente, o tutorial ainda é aplicável.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Mural de musgo

Tutorial enviado pela Estela uns dias atrás e que eu só tive tempo de postar hoje. Baseado num post do blog Diário de Biologia, que aparentemente copiou da Wikihow, e por aí vai. Com um monte de fotos ilustrativas de bônus.


 

A receita é a seguinte:
  • 3 xícaras de musgo limpo coletado recentemente com 700 ml de água morna
  • 2 colheres de sopa de gel enraizador (vende em lojas de flores e plantas)
  • ½ copo de soro de leite coalhado

3 xícaras de musgo limpo coletado recentemente. 

Outra receita:
  • 3 xícaras de musgo limpo coletado recentemente
  • 2 copos de iogurte natural
  • 2 xícaras de cerveja
  • ½ colher de açúcar
  • 1 colher de xarope de glicose (ou de milho)


Iogurte, açúcar, cerveja, xarope de milho.

Serve para as duas receitas:  Bata tudo no liquidificador, em potência mínima, por 3 minutos. A mistura deve ficar com consistência de gelatinosa. Transfira para outro recipiente e “desenhe” usando um pincel embebido na mistura. Os melhores locais para este grafite são superfícies de madeira ou muros antigos ou onde não bata sol forte o tempo todo. Todos os dias, jogue água com um spray sobre a pintura para umedecer a mistura usada como “tinta”.


As imagens a seguir ilustram melhor o processo:


Bata tudo no liquidificar, em potência mínima, por 3 minutos. A mistura deve ficar com consistência de gelatinosa.
Transfira para outro recipiente e desenhe usando um pincel embebido na mistura. Os melhores locais para este grafite são superfícies de madeira ou muros antigos ou onde não bata sol forte o tempo todo.

Todos os dias, jogue água com um spray sobre a pintura para umedecer a mistura usada como tinta.



E quando tiver enjoado dos desenhos, é só limpar e fazer outro. Se ficar borrado ou crescer torto é só raspar fora a parte ruim, o que não daria pra fazer com tinta.


sexta-feira, 27 de março de 2015

Seja um calendário ambulante

  Agradecimentos ao Daniel Neri por ter enviado esse tutorial com título Horo-style há quase um mês, mas que só está saindo agora porque eu ando sem tempo e coloquei ele na fila de posts programados. Segundo o Daniel, esse tutorial foi testado e aprovado, e como vocês sabem, os melhores tutoriais são os testados e aprovados [infelizmente ainda não pude testar o da bomba atômica, mas continuem esperando].


As bases do método:

O método consiste apenas na seguinte fórmula:

DIA + CHAVE DO MÊS + CHAVE DO ANO – MAIOR MULTIPLO DE 7

Exemplo 1:

Suponhamos que você deseja saber em que dia da semana caiu 9 de Setembro de 1985. Olhando as tabelas de chave, constatamos que a chave para o ano de 1985 é 1 e que a do mês de Setembro é 6.

9 (dia) + 6 (chave do mês) + 1 (chave de 1985) = 16

O maior múltiplo de 7 que podemos subtrair de 16 é 14.

16 – 14 = 2

9 de Setembro de 1985 foi uma Segunda-Feira

Fácil não?

O resultado da subtração corresponde ao dia da semana.

Domingo = 1
Segunda-Feira = 2
Terça-Feira = 3
Quarta-Feira = 4
Quinta-Feira = 5
Sexta-Feira = 6
Sábado = 0

Bem, sei que você quer saber como iremos descobrir a chave para cada mês. Abaixo seguem as chaves para todos os meses:

janeiro = 1
fevereiro = 4
março = 4
abril = 0
maio = 2
junho = 5
julho = 0
agosto = 3
setembro = 6
outubro = 1
novembro = 4
dezembro = 6

Mas como memorizar as chaves dos meses?

Memorizar essas chaves pode se tornar difícil e maçante. Para facilitar nessa missão, eu criei algumas historinhas que podem lhe ajudar a se lembrar de cada uma delas. Caso queira, você pode criar suas próprias histórias.

Janeiro: É o primeiro mês do ano. Moleza lembrar que sua chave é 1.

Fevereiro e março: Geralmente o carnaval cai em Fevereiro ou Março. Geralmente o carnaval é comemorado durante 4 dias. Assim, a chave para esses meses é 4.

Abril: É o mês da mentira. Aluno que mente tira 0 na prova.

Maio: É o mês das noivas. Para fazermos um casamento convencional nós precisamos de 2 pessoas.

Junho: Junho tem 5 letras.

Julho: Mês das férias escolares. Nas férias temos 0 aulas.

Agosto: Agosto é o mês do desgosto. Agosto e desgosto têm 3 sílabas.

Setembro: a chave do mês SEISTEMBRO é 6.

Ou1ubro: Preciso mesmo repetir qual a chave de Outubro?

Novembro: novembro é o mês da república. República tem 4 silabas.

Dezembro: Em dezembro comemoramos o aniversário de Cristo. Cristo tem 6 letras.

Claro que muitas dessas historinhas podem parecer meio forçadas, mas ajudarão a lembrar de cada chave do mês. Para calcular o dia da semana para qualquer data desse ano, basta que você consulte a tabela abaixo e veja a chave do ano corrente.


Calendário de 2004 a 2015

Veja abaixo as chaves dos anos de 2004 a 2015:

2004 = 4
2005 = 5
2006 = 6
2007 = 0
2008 = 2
2009 = 3
2010 = 4
2011 = 5
2012 = 0
2013 = 1
2014 = 2
2015 = 3

(descobriu o padrão?)

Exemplos

a) Qual o dia da semana em que caiu 12/01/2009?

Elementar meu caro Watson! Nesse caso, teremos 12 (dia do mês) + 1 (chave de janeiro) + 3 (chave do ano de 2009).

12 + 1 + 3 = 16 – 14 (maior multiplo de 7) = 2

Assim, 12/01/2009 foi uma segunda-feira.

b) Qual o dia da semana em que caiu 05/10/2005?

5 + 1 + 5 = 11 – 7 = 4

Assim, 05/10/2005 foi uma quarta-feira.

c) Qual o dia da semana da data 01/04/2008 ?

1 + 0 + 2 = 3.

Assim, 01/04/2008 foi uma terça. Note que, nesse exemplo, não precisamos subtrair os multiplos de 7.

Anos bissextos

Se surge alguma data com ano bissexto, às vezes você terá que fazer uma pequena alteração nos cálculos. Anos bissextos são divisíveis por 4 (1972, 1976, 1980, 1982...) mas que não são múltiplos de 100, com exceção daqueles que são múltiplos de 400 (1600, 2000, 2400...). Caso a data envolvida esteja nos meses de janeiro ou fevereiro de um ano bissexto, bastará que você subtraia uma unidade do resultado final. Se a data estiver em um ano bissexto, mas em um mês diferente de janeiro ou fevereiro, os cálculos permanecem inalterados.

Exemplo

12/01/2004 = 12 + 1 + 4 = 17 – 14 = 3

Seria uma terça-feira. Como é uma data em ano bissexto E em janeiro, pegamos um dia anterior: segunda-feira.


Parte bônus enviada pelo Daniel: Fórmula para as chaves dos anos


Pegamos o quociente da divisão por 4, ignorando o resto. Veja como obtemos a chave de 1982:
82 / 4 = 20 (ignoramos o resto)
82 / 7 dá resto 5.
20 + 5 = 25
o resto da divisão de 25 por 7 é 4.
Logo, a chave é 4.

OBS:. cada século tem um padrão diferente, Para anos 17XX, some 4 ao resto, Para anos 18XX, some 2 ao resto, Para anos 19XX, não precisa somar nada ao resto, Para anos 20XX, subtraia 1 do resto (Se a chave do ano passar de 7, divida ela por 7 e a chave do ano será o resto dessa divisão (apenas para facilitar contas)).

segunda-feira, 23 de março de 2015

Como automatizar XP farming no Runescape

  Eu nunca joguei Runescape e nem sei se esse jogo ainda existe, mas essa fantástica demonstração de automatização de trabalho manual não poderia ficar sem ser postada aqui. Aproveitem a idéia pra usar em outros jogos onde você também tenha que ficar clicando infinitamente nas coisas que nem um retardado pra conseguir recursos.



  No caso do Minecraft que você pode clicar e segurar, é só colocar a câmera na direção certa [NEVER DIG STRAIGHT DOWN, KIDS] e colocar alguma coisa pesada em cima do mouse pra manter clicado.


domingo, 15 de março de 2015

Como se livrar permanentemente do vírus de pendrive que converte arquivos e pastas em atalhos para as pastas do sistema

   Todos os computadores do Senai tinham esse problema, e por mais que os limpássemos, os alunos dos outros cursos também usavam os laboratórios e viviam trazendo essa merda de volta. A seguir estão as soluções do Tecmundo [em fonte propositalmente diferente] e também as minhas próprias pra resolver isso.


Recuperando os arquivos 
     [se você é sensato e tem backup desses arquivos em pelo menos outros dois lugares, pode ignorar essa parte e formatar ele direto, depois ler a parte sobre como se livrar do vírus permanentemente].

   Uma nova praga vem perturbando a vida de muitos usuários. Trata-se de um vírus que infecta o pendrive e converte documentos e programas em meros atalhos. Tal atividade impede que o utilizador abra qualquer coisa e muitas vezes leva a uma atitude desesperadora: a formatação da unidade removível.
   A solução do problema não é tão complicada e pode poupar algumas dores de cabeça. Primeiramente, vale salientar que o vírus não apaga nenhum arquivo do pendrive. Esta praga apenas oculta documentos e cria atalhos falsos, por isso, mantenha a calma.
   Agora que sabemos que os arquivos, em teoria, estão no pendrive, devemos verificar se o problema em questão está relacionado ao vírus. Para averiguar se seus arquivos continuam na unidade, veja se no ícone do pendrive (disponível em “Meu Computador”) o espaço utilizado continua idêntico ao que era anteriormente.

Caso o Windows informe que a unidade está vazia, então é possível que o vírus que você pegou seja outro. Do contrário, a execução dos passos a seguir deverá resolver seu problema.

  1. Abra o Prompt de Comando (item presente no “Menu Iniciar” dentro da pasta “Acessórios”)
  2. Agora digite o seguinte comando:

    attrib -h -r -s /s /d F:\*.*
Nota: a letra “F” deve ser substituída pela letra atribuída ao seu pendrive.

[Nota minha no meio do trecho kibado do Tecmundo: Você deve estar se perguntando o que diabos esse comando faz. Ele pode ser traduzido como "show attributes hidden read-only system, apply to diretory type, apply to all directories and subdiretories", ou seja, ele vai pegar todos os arquivos que estão em F: ou seja lá qual letra for atribuída ao seu pen drive, e desocultar eles. O vírus não apaga nem desindexa, só oculta. Parabéns, seus arquivos de importância questionável foram encontrados. Agora salve eles em outro lugar enquanto cuidamos do pen drive] 

 Método alternativo segundo o Tecmundo:
  1. Acesse a pasta que foi afetada pelo vírus e clique com o botão direito sobre o arquivo contaminado (que atualmente é um atalho).
  2. Abra as Propriedades do arquivo
  3. Acesse a aba “Atalho” e remova quaisquer informações que não tenham relação com o caminho do arquivo em questão (realizar o processo no item "Destino" e "Iniciar em"). Veja o exemplo abaixo:
     
    [Eu não cheguei a testar isso e agora não tenho mais acesso a esse vírus pra testar, mas vale citar que alguns - ALGUNS, não todos, tem alguns que são demoníacos - browser hijackers* também podem ser removidos assim, porque os links ficam do lado do caminho no atalho. Se tem uma coisa que estudar no Senai me ensinou é que qualquer computador público tem um eco-sistema próprio de vírus que você tem que descobrir como tirar pra conseguir usar durante a aula. Bonus points pra computadores de bibliotecas.]

*aqueles adwares escrotos que fazem ficar abrindo página random toda vez que abre o navegador, as quais não aparecem nas configurações de página inicial.


 Agora vem a parte que resolve o problema:


Removendo o vírus do computador

   Primeiro baixem ilegalmente essa ferramenta linda aqui. Ignorem os comentários com links na página do 4shared, a menos que queiram pegar mais vírus ainda. Essa ferramenta se chama PW Clean e foi a minha solução temporária antes de descobrir o Hiren's tweaker. A interface é bastante simples e intuitiva e ainda tem um tutorial [em pt_br, yey] de como usar no primeiro botão. Conecte o pen drive infectado, desinfecte, depois desinfecte o computador, depois apenas por paranóia desinfecte o pen drive de novo. Se a paranóia for tão forte assim, formate o pen drive e desinfecte o computador enquanto isso. Agora que você se livrou dessa desgraça, vamos à vacinação.



Impedindo que o vírus volte

   Pra isso vamos usar a maior criação da humanidade desde o vôo de extintor: o Hiren's Boot. Baixe aqui a versão pra gravar num dvd, ou por aqui com as instruções de como usar no pen drive. Abra a pasta HBCD, e execute o arquivo HBCDMenu.exe. Selecione Programs>Tweakers>Disable Autorun.inf. Isso vai impedir que seu computador seja infectado pelo vírus do pen drive dos outros, mas também vai fazer com que algum ocasional dvd original não abra o menu automaticamente [o que depende da função de autorun pra acontecer], mas é só clicar nele manualmente que vai abrir sem problema. 
   Agora pra proteger os seus pendrives, vá em Programs>Tweakers>Protect a Drive from Autorun virus. Aperte 1 pra executar o comando que cria uma pasta oculta não-deletável e não-sobrescrevível chamada autorun.inf, o que vai impedir que o vírus volte a se gravar no pen drive quando você conectá-lo num computador infectado, porque a existência de dois arquivos com mesmo nome e extensão na mesma pasta [nesse caso a pasta raiz do dispositivo] é impossível, e como diretórios não tem extensão, o vírus não poderá substituir o arquivo de nome autorun.inf. 


   Uma coisa importante a se lembrar: Não use o PW Clean em um pen drive vacinado pelo Hiren's tweak, ele vai interpretar a pasta como sendo o vírus e arruinar a merda toda.


  Espero que a explicação não tenha ficado confusa demais e que isso seja útil pra alguém, porque eu levei algumas horas pra escrever isso.



quarta-feira, 11 de março de 2015

Como pescar com fogos de artifício

    Só um dia comum na escandinávia. Não é exatamente apresentado como um tutorial, mas dá pra entender bem como se faz.

Agora é só sair catando os peixes sem cair num buraco.



edit: STILL NOT TR00 ENOUGH?

Então aprenda como se pesca no Afeganistão:



sexta-feira, 6 de março de 2015

domingo, 1 de março de 2015

Dezenas de lifehacks testados

  Esse é um post especial que ao mesmo tempo não pretende ensinar nada de específico, mas que pode acabar ensinando muita coisa, sendo a mais importante: não dê crédito pra todos esses "lifehacks" [deuses, como eu odeio essa palavra] de merda que o buzzfeed kiba do /r/shittylifeprotips, porque eles podem acabar te matando. Os vídeos a seguir apresentam técnicas que funcionam e técnicas que são bullshit, demonstrando todas sendo testadas. A maioria das que funcionam já foram apresentadas aqui nesses quatro anos e quase 400 diferentes tutoriais, mas é uma boa idéia ver elas sendo feitas na prática.

 Divirtam-se com John Green do Mental Floss fazendo sujeira e se machucando pra demonstrar a [in]eficiência de 90 diferentes idéias práticas que todo mundo insiste em chamar de lifehacks.




Parte 2:

Parte 3:


   Como o terceiro vídeo foi publicado recentemente, eu vou assumir que o canal ainda pode acabar cometendo mais uma dessas listas futuramente e me comprometo a atualizar esse post no caso de uma parte 4 ser criada.


 Side note: eu descobri que os posts de como abrir um cadeado com uma latinha e como construir uma hidden blade estavam quebrados devido à natureza volátil da internet e encontrei material novo pra substituí-los. Caso alguém encontre mais algum post quebrado, me avise pra que eu possa arrumar.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Como remover anúncios do bitTorrent

  Supostamente também funciona com o u/m/mi/mu/miú/microTorrent seja lá como vocês chamam o client com a letra grega mícron no nome.


Sim, essas desgraças aí em cima mesmo.
Eu vou colar aqui as instruções em inglês que eu achei, dá pra entender mesmo se seu nível de inglês for bem ruim, mas se ele for zerado mesmo use isso aqui.
  1. Open uTorrent or BitTorrent Client.
  2. Navigate to Options > Preferences > Advanced.
  3. Now search for upsell and click the string you get & make it "False"
  4. Once again search for offer and you will find many strings, just check all the strings with the True value and make all those strings "False"

  Agora feche o client completamente [ctrl+alt+esc pra ter certeza de que ele não ficou rodando escondido, esse tipo de erro acontece às vezes mesmo depois que você tira ele da barra de tarefas] e abra de novo pra dar prejuízo imaginário aos membros da DCMA, dessa vez livre de ads. 

  Caso você tenha acordado cedo hoje e por isso esteja enfrentando alguma dificuldade em entender esse tutorial, esse vídeo mostra como fazer exatamente a mesma coisa, só que com uma voz monótona ao fundo:

 

  Uma opção a isso é usar uma versão antiga do bittorrent [7.7 ou anterior]. Nesse caso o único anúncio é um quadradinho roxo escrito "BitTorrent - Update to the new version for free", mas ele é discreto e está numa localização em que não chega a incomodar.

  Se você ainda sente vontade de matar um panda toda vez que está inocentemente tentando usar a internet e se depara com um anúncio intrusivo, você vai adorar esse post testado e aprovado sobre como remover anúncios do skype que ficam tentando te convencer a usar o bing. 

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Como fazer um arco recurvo de PVC

Finalmente achei um tutorial que presta de como fazer um arco. Se não fosse tão trabalhoso eu até faria, mas a preguiça é maior. Vejam aí:




Depois de pronto, é só treinar um pouquinho [por 200 anos] e se tornar uma Artemis que nem esse cara:

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Como cortar uma garrafa

      Esse tutorial já é relativamente famoso na internet, mas eu ainda não tinha postado aqui, até que o Taz da Exilados do Orkut mandou esse vídeo aqui ensinando a fazer isso. Como esse vídeo, que apesar de ser um tutorial de claro entendimento, foi filmando por alguém que não tem capacidade nenhuma de usar uma câmera, eu achei um vídeo melhor pra colocar aqui:




    Isso funciona com basicamente qualquer garrafa, mas aparentemente o pessoal no youtube gosta de fazer isso com essas garrafas azuis tortas. Pra transformar o copo numa taça, é só colar a parte de cima embaixo do copo, como demonstrado no vídeo que eu linkei lá em cima.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Como abrir uma braçadeira de plástico

O procedimento padrão é cortar com uma tesoura ou quebrar à força, mas se é a sua última braçadeira e você precisa reutilizar ela, é possível abrir conforme mostrado no gif:






Dependento da marca e da qualidade, além do tamanho da sua unha, isso pode ser mais difícil. Nesses casos um alfinete também pode ajudar.

Pra quem precisa de som acompanhando o gif ou só gosta de ouvir o barulho que isso faz quando puxado, pode ver o vídeo completo aqui.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Como capturar ratos

       Se tem ratos invadindo sua casa, roubando sua comida, roendo seus móveis e cagando no seu tapete, você provavelmente já tentou pegar eles com ratoeiras e eles foram espertos demais pra isso. Ratoeiras são ineficientes na maioria dos casos, e você pode estar só colocando comida pra eles de graça.
      Pra solucionar esse problema, redditors postaram algumas semanas atrás duas técnicas pra efetivamente capturar ratos. A primeira, que é de prática ilegal na Noruega, consiste de um balde alto [tem que ser alto porque ratos pulam e liso pra não conseguirem escalar], uma vareta atravessando uma garrafa que possa girar livremente, uma rampa pro rato chegar até a garrafa e um pouco de pasta de amendoim. A montagem e funcionamento fica clara no gif a seguir:





      A segunda técnica não é automatizada, então se você pretende pegar vários ratos, você precisa montar ela de novo a cada rato que pegar. Consiste em deixar um tubo de papelão, uma tábua de madeira, ou qualquer outro suporte largo o suficiente pro rato andar em cima e longo o suficiente pra ficar com uma boa parte pra fora da mesa onde for apoiado. Assim como na armadilha automática, essa também precisa de pasta de amendoim na ponta pra atrair o rato até a ponta, pra que o tubo se desequilibre e caia dentro do balde com o rato junto.



       Tente matar ou colocar pra fora os ratos o quanto antes, porque se começar a acumular ratos e eles ficarem com fome, eles vão comer uns aos outros, e isso é cruel. Algumas pessoas também enchem o balde de água pra matar os ratos afogados, mas eles podem passar horas nadando até a exaustão antes de morrer, e isso também é cruel. Lembre que ratos também tem cérebros complexos o suficiente pra sentir emoções e que não merecem qualquer tipo de tortura, então encontre algum jeito de matar eles sem causar muito sofrimento.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Como pousar um avião

     O primeiro tutorial do ano foi enviado pelo Harden da Exilados do Orkut e ensina algo vital para a sua sobrevivência. O conteúdo foi kibado integralmente do Gizmodo, que como todos sabem também kibou de algum outro lugar, e assim funciona o buzzfeed brasileiro.


O que fazer se o piloto desmaiar e você tiver que pousar o avião


      Então… o piloto desmaiou. A boa notícia é que seu avião provavelmente tem um piloto automático sofisticado o bastante para voar sem sua ajuda. A má notícia é que você vai ter que pousar essa desgraça. Tendo em mente que cada cabine de comando é diferente, é certo dizer que você não saberá onde achar os botões de que você precisa.
      Vamos usar como exemplo um avião conhecido: o Boeing 737. A primeira coisa a se fazer é colocar o headset do piloto e encontrar os controles do sistema de comunicação. Eles são assim:


      Note que existem três deles: um para o piloto, um para o copiloto, e um para uma terceira pessoa. O controle do piloto é o mais próximo a você. Certifique-se de que o VHF-1 esteja selecionado no mostrador de MIC SELECTOR. Caso contrário, você vai acabar falando com seus passageiros — e é bem provável que eles não possam te ajudar.
      É provável que qualquer frequência que você usar funcione, então você só precisa apertar o botão e informar sua situação para a central de controle de tráfego aéreo.

      O botão está identificado aqui como “microphone intercomm switch”.
      A central de controle orientará você a alterar a direção e altitude do voo. Esses dados podem ser inseridos no painel de piloto automático (MCP), localizado no topo do painel de controle, perto do painel anti-brilho:



      Em primeiro lugar, certifique-se de que o piloto automático esteja acionado, verificando se a luz do botão CMD A ou CMD B está acesa. Se elas estiverem apagadas, aperte uma das duas. Para mudar a direção da proa da aeronave, gire o controle HDG e aperte o botão HDG SEL para ativar o modo “selecionar direção”.
      Para aumentar ou diminuir a altitude, gire o controle até atingir o valor desejado no campo ALTITUDE, e selecione o botão LVL CHG para colocar a “mudança de altitude” no modo vertical. Quando a aeronave alcançar essa altitude, ela acionará automaticamente o modo ALT HOLD (manter altitude).
      A central de controle irá aconselhar você a desacelerar o avião antes da aterrissagem. Para controlar a velocidade, selecione o modo SPEED, insira a velocidade desejada (em nós) e verifique se o A/T ARM (o controle automático de velocidade) está ligado. Se o controle de velocidade não desacelerar a aeronave (o que pode acontecer se ela estiver, por exemplo, em uma descida), você pode ajudar usando os freios manuais. Quando essa alavanca é puxada…



…os freios entram em ação e desaceleram o avião de forma aerodinâmica.
      Se você conseguir controlar a altitude, a direção e a velocidade do avião, você poderá entrar com segurança em uma pista de pouso adequada, a uma velocidade segura de aproximadamente 250 nós e com a altitude recomendada para um pouso suave.



      É aí que vem a parte mais difícil: o pouso. A velocidade de aproximação ideal para um 737 é de 140 nós, com flaps a 30º — no entanto, esse número pode variar, dependendo do peso do avião e das condições climáticas. Mesmo assim, cento e quarenta nós é uma boa velocidade. No entanto, o 737 não atinge os 140 nós com os flaps levantados, então você precisa abaixar os flaps progressivamente durante a desaceleração da aeronave. É possível mudar a posição dos flaps movendo essa alavanca:



      Como você pode ver, a alavanca tem marcações que vão do 0º ao 40º. Para saber qual posição dos flaps corresponde à sua velocidade, cheque a tabela abaixo da alavanca de pouso:


      Conforme seu avião atinge a velocidade de pouso (chamada VREF), abaixe os flaps até a posição de 30º (ou 40º — a central de controle provavelmente vai achar um piloto profissional para te dar instruções, e ele/ela vai te indicar a posição de flap ideal).
      Essa também é a hora de baixar o trem de pouso. Lembre-se de checar o painel e não baixá-lo até você estar em uma velocidade segura. Empurre a alavanca até as três luzinhas verdes se acenderem, depois puxe-a até o ponto morto.
      Tudo certo. Quando você conseguir ver a pista de pouso, e se sua aeronave estiver pronta e com a velocidade controlada, é hora de desligar o piloto automático. Aperte o botão de desativação do piloto automático e tome as rédeas da situação. Esse ato irá ativar um alarme, que pode ser silenciado com esse botão:


      Você pode desativar o controle de velocidade automático, já que você terá que manter a velocidade de 140 nós até o pouso.
      Faça ajustes suaves para corrigir a orientação vertical. Mantenha-se alinhado com a pista de pouso.
      Localize as luzes PAPI da pista de pouso, essas coisinhas aqui:


      Duas luzes brancas e duas vermelhas significam que tudo está certo. Três ou quatro luzes brancas significam que o avião está com uma altitude elevada, e que você deve descer e corrigir a orientação vertical da aeronave. Três ou quatro luzes vermelhas significam que você tem pouca altitude e deve subir.
      Mantenha uma boa orientação vertical até entrar na pista de pouso. Quando isso acontecer, faça o seguinte:
  • desative o controle de velocidade, apertando o botão “A/T Disengage”;
  • retraia os aceleradores para sua posição original;
  • levante a aeronave lentamente, de forma que ela toque o solo com suas rodas traseiras;
  • ative os freios e o reversor de empuxo completamente, puxando as duas alavancas na parte de trás (imagem acima).
      Quando a sua velocidade ficar abaixo dos 80 nós, desative seu reversor de empuxo e comece a frear manualmente. Para isso, pise nos dois pedais. A velocidade vai aparecer em um display bem na sua frente.       Ela é o número na esquerda (210 nós na foto abaixo).



       Use o freio manual para parar o avião completamente. Desligue o motor, movendo os interruptores de combustível para a posição “desligados”.


       A desativação do motor irá acionar vários alarmes, mas tudo bem. Você acabou de permitir que a equipe de emergência suba no avião e controle a situação. Pegue uma cerveja do serviço de bordo e curta a descida pelo escorregador de emergência.