terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Como usar um caminhão-guindaste

Mais um estranho tutorial inútil enviado pela Ana:


Caminhões-guindaste são equipamentos complexos mas úteis que podem ser usados para levantar objetos pesados e de difícil manuseio. O caminhão-guindaste tem uma cabine com várias partes que se expandem. Cabos de aço reforçados saem da cabine, quanto mais cabos, maior o peso da carga que pode ser levantada. (Uma bola de metal pesado mantém os cabos no lugar quando o guindaste não está elevando uma carga.) Abaixo da cabine fica um grande engrenagem que permite que o caminhão-guindaste manobre 360 graus. As marchas são impulsionadas por um motor hidráulico na cabine, e são controladas pelo operador através de um pedal. Caminhões-guindaste são frequentemente utilizados na construção civil, transporte, eletricidade, mineração, perfuração de petróleo, ferrovias, equipamentos pesados e lojas de material de construção. Caminhões-guindaste podem ser personalizados, encomendados e montados com especificações diferentes que se adequem ao comprador, independente do tamanho do motor ou comprimento do guindaste.

1. Ao operar um caminhão-guindaste há probabilidade de eletrocutamento. Seus operadores devem ter muito cuidado. Uma publicação do Instituto Nacional de Segurança e Saúde Ocupacional, fala dessa possibilidade e discute como prevenir-se.

2. Não tema os perigos, mas esteja ciente de que ocasionalmente os caminhões são equipados com guindastes apesar de não terem sido especificamente concebidos para tal aplicação. Felizmente, a Administração da Saúde e Segurança Ocupacional (OSHA) está cuidando disso e fala deste perigo no Boletim Informativo Hazard.

3. Retrancas são um componente muito importante para a estabilidade do guindaste: elas deve ser configuradas corretamente em bases sólidas. A retranca usa a hidráulica para levantar o caminhão do chão.

4. Contrapesos devem ser colocadas sob a cabine do guindaste para evitar que ele de cair para frente. O peso dos contrapesos é ajustado de acordo com uma fórmula que inclui o raio de alcance do guindaste, o peso da carga e o ângulo que o guindaste alcança. O operador do guindaste deve ser capaz de usar gráficos matemáticos para calcular os contrapesos adequados.

5. A maior parte dos guindastes possuem computadores de bordo em que o operador coloca informações para determinar se ele está operando o guindaste de acordo com as especificações do fabricante. O computador serve como mais do que um back-up do sistema mas também para alertar o condutor quando o limite da carga for superior a capacidade do guindaste-caminhão.

6. Luzes indicadoras de carga se acendem quando a capacidade máxima do guindaste se aproxima. A carga deve ser reduzida se essas luzes se acenderem.

7. Operadores de guindaste usam tanto pedais como joysticks para controlar o movimento do guindaste para esquerda e direita e para frente e trás. Os pedais controlam a parte que expande do guindaste, assim como a bomba de pressão. Os operadores também controlam a atenuação do guincho, e qualquer rotativa da cabina. Todos os comandos devem ser rotulados.

8. Não reduza a tripulação. Dois outros trabalhadores são necessários para uma execução segura - o lubrificador e o sinaleiro. O lubrificador se encarrega das peças do guindaste, enquanto o sinaleiro é, como o nome diz, o homem que faz sinais com as mãos enquanto o operador do guindaste eleva a carga.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Drinks e suas composições

Apreciem:






E eu não podia deixar de trazer pra vocês também dois épicos do mundo das bebidas:



E, claro, o famoso drink flamejante:




- Cobertura de chocolate
- Licor de Menta
- Cachaça ou Vodka


Num copo de shot, coloque a cobertura de chocolate pra cobrir o fundo do copo, coloque 3/4 de licor de menta no copo, e preencha o resto com a cachaça. Pegue um isqueiro e acenda a cachaça, pegue um canudo longo o suficiente para não se queimar e tome tudo bem rápido, sem precisar apagar o fogo.
Em alguns lugares é conhecido como "Pitbull"




Pizza de larvas

Pizza di larve - Uma combinação entremassa e larvas crocantes

Receita do chef Bill Yosses

Ingredientes

• Um bom punhado de larvas Tenebrio molitor
• 1 chalota (ou cebola) em cubos
• 3 tomates maduros em cubos
• Azeite
• 2 dentes de alho
• 1 lata de tomates sem pele
• Suco de 1 limão
• 2 ramos de tomilho
• 1 disco de pizza pré-assado
• 200 g de tomates secos
• 200 g de mussarela

Preparo

Compre as larvas vivas de um criador e mantenha-as na geladeira.

Faça o molho: refogue a chalota no azeite por cinco minutos. Acrescente os pedaços de tomate e, quando estiverem macios, junte o alho amassado, o tomate enlatado, o suco de limão e o tomilho. Cozinhe em fogo médio e tempere a gosto. Reserve.

Asse as larvas no forno a 80ºC por mais ou menos dez minutos (ou até que fiquem crocantes). Reserve.

Aumente o forno para 160ºC.

Cubra a massa com o molho de tomate, os tomates secos e a mussarela.
Asse até o queijo derreter (em média quatro minutos). Tire do forno e cubra com as larvas (use a quantidade que desejar).


 “Sozinha, a larva parece uma casquinha crocante recheada com gelatina, mas, sobre a pizza, é quase impossível perceber o sabor” - Bárbara Soalheiro, reporter da revista SuperInteressante

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Sopa de ninho de andorinha

Argh. Essa coisa bizarra enviada pela Ana [que já é nossa especialista em receitas] me deixou com a impressão de que é um prato meio... gosmento. Mas 'tá'í pra quem quiser:


Sopa de ninhos de andorinha
Rendimento: 4 porções

TEMPO DE MOLHO: 24 HORAS / PREPARO: 45 MINUTOS COZIMENTO, ENTRE 35 E 40 MINUTOS

1 saco de ninhos de andorinha
4 ou 5 cogumelos pretos secos
1 peito de frango cozido sem osso
1.2 l de caldo de galinha
1 colher (sopa) de maisena
1 colher (sopa) de chao-xing (ou xerez)
sal

1. Deixe de molho os ninhos de andorinha na água fria por 12 horas. Escorra e elimine as penas que sobrarem. Mergulhe-os numa panela com água fervente e deixe cozinhar por 15 minutos. Lave-os na água fria e deixe outra vez de molho por 12 horas. Escorra de novo.

2. Deixe os cogumelos de molho em água morna por 20 minutos. Escorra, tire os pés e corte em fatias finas as cabeças.

3. Retire a pele do peito de frango e corte-o em tiras.

4. Ferva o caldo de galinha. Junte os cogumelos e o frango e deixe cozinhar por 5 minutos.

5. Dissolva a maisena num pouco de água e despeje na panela. Junte os ninhos de andorinha à sopa. Acrescente chao-xing e sal. Deixe ferver por 25 minutos em fogo médio, para que a sopa engrosse. Mexa de vez em quando.

6. Despeje em tigelas individuais e sirva.

Cerca de 2 minutos antes do fim do cozimento, podem-se acrescentar 2 claras de ovo levemente batidas, despejando-as através de uma peneira e mexendo durante toda essa operação. Os ninhos de andorinha aqui utilizados são feitos de fragmentos secos dos ninhos que a salangane, andorinha da costa do mar da China, fabrica com sua saliva depois de ter comido algas.



Curiosidade sobre a sopa acima:
Você estaria disposto a pagar US$ 10 mil por 1 kg de ninho de passarinho? Mas veja, não é um ninho qualquer, mas um ninho feito da saliva de um tipo de andorinha. Esse ninho é o ingrediente principal de um dos pratos exóticos mais caros do mundo: a sopa de ninho de passarinho. É caro porque as andorinhas asiáticas constroem seus ninhos com saliva por um período de 35 dias, durante a época de procriação. Os ninhos, só podem ser colhidos três vezes ao ano e com muito esforço por parte dos coletores, que se arriscam numa perigosa escalada aos paredões rochosos onde os ninhos são construídos. Essa colheita arriscada só contribui para elevar o preço do produto.

Os ninhos da andorinha asiática são ricos em nutrientes e têm elevados níveis de cálcio, ferro, potássio e magnésio. Acredita-se que a iguaria também tenha valor medicinal, ajudando a digestão, aumentando a libido, melhorando a voz, aliviando as crises de asma, melhorando a concentração e fortalecendo o sistema imunológico. Os ninhos de passarinho são consumidos em sopa. Depois de colhidos, eles são lavados para a retirada de penas e vendidos a restaurantes, onde são servidos cozidos em caldo de galinha. Durante o processo de cozimento, os ninhos soltam uma substância que confere textura gelatinosa à sopa.

Em Hong Kong, o preço de um pratinho da sopa de ninho de passarinho custa de US$ 30 a US$ 100.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Como simular monstros

Breves e ótimos guias encontrados na comunidade Divido a casa com fantasmas, criados por Adriano e por Eraldo Costa:




[exemplos de pessoas fantasiadas de fantasma japonês]






Lobisomem de filme vintage:

Despenteie o cabelo, de modo que ele tome a forma de uma peruca ou de um bolo. Deixe crescer a barba- se for mulher, cole os pêlos remanescentes da depilação no rosto, ou então, faça uma barba de canetinha, como nas festas juninas. Estique o queixo, de modo que os dentes fiquem expostos. Arregale os olhos. Pronto, você já se parece com um lobisomem de filme vintage.



Fantasma japonês:

Deixe o cabelo crescer até o calcanhar (se for careca, você pode deixar as sombrancelhas crescerem até o calcanhar, mas isso provavelmente levará 174 anos e você será um fantasma de verdade). Penteie para a frente, formando um véu. Passe bronzeador argentino, daqueles de pasta, que vendem no camelô, nos braços e nas pernas, para que você fique com a pele meio bege (pode usar talco também). Pronto, você já é um fantasma japonês.


Nota:
Com essa moda de prancha, quase todas as mulheres estão com cabelo de fantasma japonês (ou de playmobil).



Vampiro:

Umedeça dois pedaços de miolo de pão, amasse-os no formato de caninos e coloque por cima de seus caninos de verdade.

É mais legal do que comprar dentaduras postiças prontas em lojas de mágica ou em stands na época do Halloween. Outra vantagem é que não tem problema se você os engolir.



Monstro Marinho:

Compre 3 kg de camarão e descasque-- num dia de calor; não lave as mãos após a tarefa. Desenhe escamas em sua pele com canetinha marca-cd metálica (a tinta, não a banda). Meta-se numa tina cheia de água e borbulhe.

Ou

Convença um anão chamado Mário a fazer isso tudo.



Múmia:

Envolva-se em papel higiênico ou papel-toalha ou em tiras de A4*;
Estenda os braços para frente**;
Ande de perfil, para ficar bem egípcio***;
Não se esqueça de fazer cara de Múmia****.


*Se usar tiras de A4, não se esqueça de formatar, de visualuzar a impressão e de imprimir no modo econômico;

**Exemplos: filmes da Hammer; filme japonês "Robô Vampiro"; coreografias de axé, pagode; Ozzy andando pelo palco;

***Exemplo: basta lembrar de como você se desloca no interior do vagão do metrô, no horário do rush; no ônibus, no mesmo horário; em casa, pra não pisar no rabo do gato.

****Exemplos: Vovô Simpson, José Saramago, Keith Richards.



 Homem da caverna de filme B:

Mesmo procedimento do Lobisomem de filme vintage: não cortar cabelos etc;
Pegar aquela almofada-brega-com-estampa-de-oncinha (ou zebra ou tigre, ex: capa do Animalize, do Kiss, aquela banda de flashback hardcore) e fazer uma espécie de toga ou de tanga;
Ser grosso (aka bronco, rude, estúpido, mal-educado- exemplos não faltam);
Emitir sons guturais, alternando com vocalizações infantilóides*;

*Exemplos: João Gordo, Cid Moreira tossindo, Márcio Canuto, Derrick Green (sons guturais); Billy Corgham, Lady Gaga, Madonna em início de carreira, Sandy, Freddy Mercury Prateado, Justin Bieber (vocalizações infantilóides).


Monstro de Frankenstein:

Trabalhe, se possível, de sunga ou de biquini num escritório, de modo que sua cor esverdeada se espalhe mais proporcionalmente pelo seu corpo.

Chupe limão ou jiló ou qualquer coisa amarga, cítrica e de que você não goste muito, pra ficar com aquela boca de morto.

Pegue uma caneta esferográfica vermelha e desenhe uma sequencia de letras x ao longo de sua testa e de seu pescoço. Dica sexy-quente pro Dia dos Namorados: você pode fingir que sua namorada é viciada em loterias e você é um volante de jogo. Ou ela pode se fantasiar de universitária e você, de prova de múltipla escolha.

Ponha um piercing em cada lado do pescoço.

Vista um suéter cinza ou preto. Ou imite o Tony Ramos.

Estique os dois braços pra frente, como se você estivesse fazendo sinal para dois ônibus simultaneamente.

Pronto! Se não der certo, é porque deu errado.





Zumbis:
Vire a noite assistindo documentários com temas que você odeia. Discuta sua relação. Arrume suas gavetas. Crie planilhas.


Cubra o corpo com talco e passe batom roxo-- ou esmalte roxo-- debaixo dos olhos. Na falta do batom ou do esmalte, soque seus próprios  olhos. Misture gel e chocolate em pó e passe nos cabelos.

Ponha suas roupas no liquidificador, para que elas fiquem esfarrapadas. Polvilhe-as com cimento branco. Pincele com catchup (e leve ao forno por 15 minutos).

Coma um pacote inteiro de biscoitos de polvilho e também bananadas-- seus dentes vão ficar grudando e, assim, você só vai conseguir pronunciar sons embolados. Tome 4 litros de refrigerante, para simular as cordas vocais de Barry White.

Faça 300 polichinelos e agache várias vezes até sentir cãibras-- com isso, você vai ter aquele andar cambaleante.

Pronto, você é um perfeito Walking Dead!




E mais:

Ectoplasma:

- Durante o almoço na casa da sua avó:
Após uma garfada de purê de batata, discretamente coloque um pouco do purê de batata nos ouvidos e comece a emitir sons estranhos. Quando todos estiverem olhando para você, elimine lentamente o purê que estava na sua boca.

- No parque de diversões:
Compre um algodão doce. Retire a embalagem plástica. Quebre a parte aparente do palito e morda a outra ponta. Aproveite que o palito do algodão doce está firme nos seus dentes e faça movimentos estranhos e desconexos, como se a massa branca tivesse vontade própria.

- Na roda de amigos:
No meio da conversa, diga frases que não tenham relação com o assunto tratado. Conforme forem te olhando, diga que ouviu alguém comentar algo relacionado com o que você disse. Quando todos acharem que você está ouvindo vozes do além, comece a brigar verbalmente com as “vozes”, caia no chão e simule espamos. Depois ,levante-se e explique para os seus amigos que ouviu alguém dizer que iria se materializar em você através de ectoplasma. Demonstre estar assustado.
Aproveite a aflição de todos e diga que está com sede. Antes de beber, coloque discretamente 5 capsulas de sal de fruta na boca, beba e fale em tom maligno como se você fosse a voz do além.







E lembrem-se: assustar pessoas é sempre um risco para a pessoa que assusta, então esteja ciente de que a reação da vítima nem sempre é de fuga, às vezes é de luta, e aí quem vai ter que sair correndo é você. Ou a pessoa só vai ficar muito puta mesmo e quem vai ter que sair correndo vai ser você do mesmo jeito. Exemplo disso? Vejam esse vídeo:

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Trollando com coca cola


Pra quem é meio lento e não entendeu:


- Coloque mentos na forma de gelo 
- Faça gelo com o mentos dentro
- Coloque esse gelo num como de coca
- Espere o gelo derreter e a reação que vocês conhecem bem vir à tona
- Filme e coloque no Youtube

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Como fazer um caleidoscópio

Estou há três noites tentando fazer um post sobre drinks mas a imagem não vai. Então vou postar um vídeo mesmo e quando estiver com internet boa posto o post que era pra hoje.

Eu vi um caleidoscópio numa loja no mercado municipal há alguns dias e confesso que achei fascinante. Como o cara diz no vídeo, a imagem nunca se repete. Pelo menos não nesse universo. Quanto mais cores e formatos dos cacos de vidro, melhor. É tido como um brinquedo pra crianças, mas, porra, é lindo, se não fosse tão caro eu teria comprado um. Façam os seus próprios e apreciem os padrões psicodélicos que se formam:




Pra quem não conhece caleidoscópios e quer ter um spoiler de como eles funcionam, veja esse vídeo:





sábado, 4 de fevereiro de 2012

Como fazer nigiri

Apesar de gostar de vários tipos de sushi, o nigiri de salmão é, de longe, o meu preferido. Aqui está o vídeo ensinando a fazer ele. Está em inglês, mas não-anglófonos podem entender só olhando o passo-a-passo.



Pra quem quiser um vídeo um pouco melhor, veja esse http://www.youtube.com/watch?v=aH2TPCuSH5s [sim, vai ter que ver no youtube, esse não tem como colocar na postagem]

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Um ano de PERAI Blog

Apesar do Projeto em si já ter bem mais do que um ano [ele foi criado oficialmente em  26/09/2010], o blog do projeto só veio ao ar no final de janeiro do ano passado, dia 23. E pra marcar a semana de aniversário do blog, esou trazendo pra vocês as informações gerais de visitas do último um ano. Surpreendam-se:


Esse gráfico lindo [acho que é a primeira vez esse ano que uso a palavra "lindo" sem estar sendo sarcástica] mostra o crescimento no número de visitas do blog durante esse um ano de existência. Em 12 meses, 10 deles tiveram um número de visitas maior do que o de todos os meses anteriores.  AW YEAAAH


O porquê de o número de visitas provenientes do Reino Unido ser tão alto ainda permanece um mistério. 
Uma relação de outros países que visitaram o blog durante o ano inclui países os quais eu nem sabia que existiam [falando nisso, alguém sabia que existe um país chamado Eritréia? Fica do lado de Djibuti. *pausa para reflexão sobre o quão ruim em geografia nós somos*]. 



Aqui outros países com pessoas que visitaram o blog e que não entraram pro top 10:
Equador

Canadá 
Espanha 
República Dominicana
Costa Rica
Israel

Guatemala
Ucrânia
Dinamarca

Paraguai
Tunísia
Cingapura

Moçambique
Chile
Letônia

Austrália
Argentina
Belarus
Indonésia
Botsuana 
Índia
Panamá
Irlanda


Belarus? Onde fica isso? Em Keppler-10b? Acho que sou pior em geografia do que eu imaginava. 




               

E, como sempre, Aprenda a desentupir o nariz continua em primeiro lugar com mais que o dobro [e quase o triplo] de visitas que o segundo colocado. Esse post é um ícone e patrimônio do projeto, responsável por quase 10% de todas as visitas que o blog recebeu até hoje.






Agradecimentos ao agregador Ueba por enviar 819 visitas em apenas quatro dias, e à Google por... Bem, por ser a Google. 


Além dessas palavras-chave que fizeram o Google mostrar o PERAI Blog como resultado, temos outras que merecem nossa atenção:




como fazer um casete de policia passo a passo 3
hashi porta origami tutorial 2
9gag the fuck you say to me? 1
celular molhado receita caseira 1
como fazer espada ninja paso a paso 1
como fechar um pacote 1
dragao que mexe a cabeza e mais 1
identificando plantas comestiveis 1
fluxograma simples de hamburguer ultracongelado 3
como falar sem dizer nada 2
polvora 8
apitos patos 3
boba de desentopir nariz de bebes 3
borracha estragou meu papel caneta 3

batatas 3
bomba gaz 1000 3
como gruda uma caneta na parede sem usar cola 3

aerodinamica aerea 2
alfabeto egipcio 2

como não ter pesadelos 2
tutorial como construir turbina a vapor portugues 4
como colocar fogo numa cedula e nao queimar 2

igual a todos os 2
reconstrucao de fase com expansões 2
se o email da pessoa nao 2
cadeado vetor 1
cavanhaque 1 
circuito integrado raquete mata mosca 2

imagens embalagens de pacotes de bolachas 2
ragecomics kv wot troll 2
blog copia post 4chan 1
blogs e vlogs-cachorros que fazem coco nas calcadas e ruas 1
como fazer uma cobra de origami paso a poso 1




Batatas, minha gente. Batatas. As pessoas chegam até o blog procurando no Google por batatas. Tem coisas ali que... WTF?




Mais alguns dados interessantes:




17% dos leitores ainda usam IE? Porra, tomem vergonha na cara. 




Queria deixar aqui também meus agradecimentos especiais à Ana, Diego, Cosmo, Jadiel, Renan, Victor, Coruja e Luan [desculpa se esqueci de alguém] pela contribuição enviando conteúdo ao projeto. 

Obrigada também ao Horo pela administração do layout, e pelos raros posts que ele cria e pelo apoio moral, e ao Ícarus, o estagiário da equipe que desapareceu há meses e nunca mais se teve notícia.






É com imensurável orgulho que digo que o Projeto Ensine Rapidamente Algo Inútil já tem aproximadamente 200 tutoriais das mais diversas coisas que você possa imaginar, ensinando a fazer de zumbis à bombas atômicas, ensinando como sobreviver a ser enterrado vivo e a cair de um avião sem pára-quedas, como preparar miojo sabor iogurte e como fazer a polêmica Coca-Cola frita. 


Nos primórdios do "ensine algo", um jogo ensinado a mim por um Hierofante durante uma madrugada de tédio, que começou com uma explicação sobre como usar cheat no Pinball Space Cadet 3D, eu nunca imaginei que se tornaria algo tão grande. Na verdade acho que é a primeira vez na vida que alguma coisa que eu faço dá certo. E acredito que só deu certo por ser um projeto educativo, sem fins lucrativos, em que todos tem o mesmo direito de ensinar. No PERAI, ninguém é o mestre, não há uma pessoa só ensinando, todos tem algo que sabem e que deve ser comparilhado. O PERAI não sou eu, Júlia, e nem a equipe que cuida do blog. O PERAI é cada um que em algum momento compartilhou algum conhecimento conosco, com todos nós, editores e leitores do blog. Sem querer cair em clichês de propaganda de supermercado, mas acho que posso dizer que, nesse caso, literalmente, quem faz o PERAI são vocês.






                                      Obrigada, e feliz aniversário a todos nós